Escola de Saúde - 15/09/2020

Capacitação multiprofissional em Análise do Comportamento Aplicada (ABA) voltada ao Transtorno do Espectro do Autismo (TEA)

O Transtorno do espectro do autismo é considerado um transtorno do neurodesenvolvimento com início na infância, que afeta a capacidade de se comunicar e interagir, onde a gravidade dos sintomas pode variar, sendo os mais comuns: dificuldades de comunicação, dificuldade nas interações sociais, interesses obsessivos e comportamentos repetitivos.

Por se tratar de um agravo crônico, requer tratamento longitudinal, envolvendo terapias, dentre elas, comportamentais, educacionais e familiares com vistas à redução dos sintomas e melhora no desenvolvimento social e educacional. O cuidado em saúde das pessoas com Transtorno do espectro do autismo envolvem diversos especialistas, dentre eles fonoaudiólogo, terapeuta ocupacional, psicólogo, médico neurologista e psiquiatra.

Evidências científicas que indicam melhoras nos sintomas do autismo a partir do tratamento na metodologia Análise do Comportamento Aplicada (ABA) que proporciona a pessoa com Transtorno do espectro do autismo o desenvolvimento de sua autonomia por meio da aprendizagem de importantes habilidades sociais e motoras nas áreas de comunicação e autocuidado, bem como na redução de comportamentos não adaptativos, como estereotipias, agressividade e controle de raiva.

Desta forma, a Capacitação multiprofissional em Análise do Comportamento Aplicada voltado ao Transtorno do espectro do autismo, em parceria com The Scott Center for Autism Treatment/Florida Institute of Technology, tem como proposta capacitar profissionais (Médicos, psicólogos, fonoaudiólogos, fisioterapeutas, Terapeutas ocupacionais, enfermeiros, técnicos de enfermagem, assistentes sociais, cirurgiões-dentistas) e gestores da Rede SUS do Estado do Paraná em Análise do Comportamento Aplicada voltado ao Transtorno do espectro do autismo, visando qualificar o atendimento dos usuários com suspeita e/ou diagnóstico de Transtorno do espectro do autismo, impactando na melhora da qualidade de vida e possibilidade de desenvolvimento de autonomia de milhares de pessoas.

Além desta capacitação na modalidade a distância, a Escola de Saúde Pública do Paraná – ESPP da Secretaria de Estado de Saúde do Paraná – SESA, em parceria com The Scott Center for Autism Treatment/Florida Institute of Technology, ofertará o módulo presencial para formação de multiplicadores em análise do comportamento aplicada (ABA) voltado ao Transtorno do Espectro Autista (TEA) no período letivo do ano de 2021. Para este módulo presencial será publicado um Edital próprio para seleção dos candidatos, onde o desempenho do alunos no módulo EaD também será pontuado.

http://www.escoladesaude.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=192